Acesse aqui todos os tipos de exames realizados pela Clinica Dopsom

Morfológico

Objetivos

Avaliar a anatomia fetal de forma detalhada e sistemática, com as finalidades de confirmar a normalidade, detectar possíveis más formações ou sinais que sugiram a possibilidade de doenças infecciosas ou genéticas.

 

Preparo

Não é necessário.

 

Observações

É aconselhável que o exame seja realizado no período entre 20 e 24 semanas de gestação, para um estudo mais adequado dos órgãos fetais.

 

Metodologia

O exame dura em média 30 minutos, o que pode variar dependendo das circunstâncias. Um aparelho (transdutor) será deslizado sobre o abdômen da paciente, que ficará deitada em uma maca. Uma porção de gel será aplicada para permitir adequada transmissão do som. Em algumas ocasiões, o exame é complementado por via endovaginal.

Poderá ser necessário ao médico realizar algumas perguntas sobre medicações em uso ou usadas nesta gestação, doenças em tratamento, sintomas, exames já realizados, evoluções de gestações prévias, data da última menstruação, etc.

 

Observações

  • Esclarecemos que este exame permite a detecção de cerca de 80% das alterações anatômicas fetais, de maneira geral. Algumas condições clínicas podem não ser acompanhadas de alterações identificáveis por meio da ultra-sonografia, como surdez, cegueira, algumas malformações cardíacas, do trato gastrointestinal e do sistema nervoso central.
  • Aproximadamente 20% dos casos de Síndrome de Down não são identificados por meio da ultrassonografia, pois não apresentam alterações nem no morfológico de primeiro trimestre (translucência nucal) nem o morfológico convencional.
  • Um retorno pode ser necessário para a complementação do exame.
  • Com relação ao exame endovaginal, é possível que ocorra irritação da vagina em pessoas com mucosas mais sensíveis. Caso a paciente seja alérgica a alguma substância deverá avisar o médico.
  • Este exame é indolor e não possui contra-indicações. Eventualmente, a pressão com o transdutor pode causar certo desconforto, tanto pela via abdominal como pela via endovaginal. Em caso de dúvidas, o médico poderá esclarecê-las.
  • É importante que os exames anteriores sejam trazidos quando da realização de uma nova ultrassonografia, os quais contribuirão para o estudo comparativo e evolutivo da gestação.

Cadastre-se

Assine nossa News Letter e receba nosso jornal e outras informações e atualizações.